Agora são Horas e Minutos - ... Obrigada: Estou completamente satisfeita com todos os amigos por me terem acompanhado no blogue. TATÃO ´ aconselhamos a utilização do Mozilla Firefox

PAULA RUIVO

. A APRESENTAÇÃO DO LIVRO A ERVILHA QUE QUERIA IR DE FERIAS FOI UM SUCESSO AUTORA PAULA RUIVO

quarta-feira, 11 de julho de 2012

O SOL:


O SOL:

Sol que me ilumina a face
E me silencia  a dor
Sol, que encanta os olhos
Sol que dá vida à flor.

Sol que me faz voar
Nas plumas dos seus raios
Sol que pronuncia risonho
Um poema de abraçar.

Sol que desperta a vida
No cantar dos pássaros,
No arrastar da brisa
Sol que me trás a calma
Abraça-me com a sua luz
E dá-me paz à alma.

TATÃO

2 comentários:

  1. Que poema tão luminoso?...
    Como consegues em poucas palavras dizer tanto!...
    Lendo este poema, ficamos mais leves.

    Um beijo

    Arménio Cruz

    ResponderEliminar
  2. É verdade amigo.Sempre atento ao que escrevo.Há coisas na vida que por muito que se queira explicar não se consegue.
    Beijo

    ResponderEliminar

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.
•.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤ Beijos •.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤