Agora são Horas e Minutos - ... Obrigada: Estou completamente satisfeita com todos os amigos por me terem acompanhado no blogue. TATÃO ´ aconselhamos a utilização do Mozilla Firefox

PAULA RUIVO

. A APRESENTAÇÃO DO LIVRO A ERVILHA QUE QUERIA IR DE FERIAS FOI UM SUCESSO AUTORA PAULA RUIVO

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

MEDICINA NATURALSEM EFEITOS SECUNDÁRIOS:

MEDICINA NATURALSEM EFEITOS SECUNDÁRIOS:

Duas teorias principais existem na medicina actual: uma defende o uso de químicos e cirurgias para eliminar a doença, outra faz paradigma com a aplicação de substâncias e métodos naturais. Saiba como ter saúde sem se preocupar com os efeitos secundários.
Todo o conhecimento, técnica ou procedimento natural aplicado empiricamente, ou seja, a partir da experiência pessoal do terapeuta e com uma certa base científica que sirva para prevenir, aliviar e curar um ser humano, faz parte da medicina natural. Depois de ter caído em desuso devido ao sucesso imediato dos processos químicos, esta prática voltou em força nos últimos anos, sobretudo em Espanha, devido aos problemas recorrentes da química - os chamados efeitos secundários. Os problemas da afirmação deste tipo de medicina têm sido criados pela pressão feita pela indústria farmacêutica, habituada a facturar milhões. Os médicos naturalistas têm tentado fazer valer o seu ponto de vista, criando condições para que seja o paciente a escolher qual o método segundo o qual gostaria de ser tratado. Estes defendem que o tratamento natural apenas compreende remédios naturais e ajuda humana e psicológica. O fármaco e o bisturi serão guardados até que se esgotem as hipóteses de cura pelo método natural.
No aspecto profissional, o caminho a percorrer ainda é longo. Os naturalistas pretendem a edificação de universidades de medicina natural em todos os países do Mundo, a construção de hospitais, clínicas e de um instituto nacional de investigação científica naturalista. Propõem-se ainda diminuir o flagelo nas comunidades espalhadas pelo planeta. Todos estes ideais ainda andam longe de concretização, sobretudo em Portugal. São poucos os nomes dos especialistas, raras as clínicas, inexistentes os hospitais naturais…
Os remédios naturais incentivam o corpo a reagir à enfermidade e a ajuda humana e psicológica parte de um princípio partilhado com a medicina química: quanto mais alegre e empenhado for o doente, mais rápida é a cura. Parece simples e é. Este tipo de tratamento pode curar a maior parte das doenças.
TATÃO 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.
•.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤ Beijos •.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤