Agora são Horas e Minutos - ... Obrigada: Estou completamente satisfeita com todos os amigos por me terem acompanhado no blogue. TATÃO ´ aconselhamos a utilização do Mozilla Firefox

PAULA RUIVO

. A APRESENTAÇÃO DO LIVRO A ERVILHA QUE QUERIA IR DE FERIAS FOI UM SUCESSO AUTORA PAULA RUIVO

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

SABER AMAR::::

Às vezes criamos dificuldades, onde elas não existem, procuramos encontrar um problema fora de nós para não admitirmos os nossos próprios medos.
E onde percebo que a maioria das pessoas erra, quando não se deixam ser amadas, quando, por tanto medo de sofrer, preferem desistir a perder. Claro que isso é feito de maneira inconsciente, mas fazemos isso sim, criamos armadilhas para o relacionamento, assim, ainda temos a chance de ter uma boa desculpa por ter dado errado, ao invés de encontrar o problema dentro de si mesmo e batalhar para que ele seja “melhorado”.
E muito mais simples dizer que deu errado e pronto, ou aquele casal famoso que disse ter problemas de “agenda” não me conformo, parece que o ser humano não consegue ser feliz, e então quando não há problema, ele inventa de criar um.
Que relacionamento não é fácil, todos nós sabemos muito bem disso, mas que sempre que houver amor, amizade, cumplicidade e respeito, ele deve ser sim, mantido, lutar para que ele sobreviva.
Falei algum tempo atrás de nos entregarmos numa relação, acho que isso inclui também medo de ser amado, por incrível que pareça, as pessoas têm mais medo de ser amado do que ser rejeitado. Essa parte eu não sei dizer o porquê talvez um bom psicólogo ou mesmo um psiquiatra possa responder com exactidão. Acredito que o medo de perder um amor de verdade, é maior do que uma rejeição, aquela velha frase, “é melhor um não do que a angústia da espera de um sim” as pessoas anseiam tanto serem amadas de verdade, que quando sentem que isso possa acontecer, preferem fugir.
Claro que tudo o que eu digo é muito abstracto, e nem sempre pode ser analisado assim, friamente, pois sempre envolvem outras coisas, outros acontecimentos, mas preste atenção se você simplesmente tem medo do amor, e por isso a solidão nunca vai lhe oferecer perigo, pois não há risco.
Se entregue, arrisque a deixar alguém lhe amar.
-

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.
•.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤ Beijos •.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤