Agora são Horas e Minutos - ... Obrigada: Estou completamente satisfeita com todos os amigos por me terem acompanhado no blogue. TATÃO ´ aconselhamos a utilização do Mozilla Firefox

PAULA RUIVO

. A APRESENTAÇÃO DO LIVRO A ERVILHA QUE QUERIA IR DE FERIAS FOI UM SUCESSO AUTORA PAULA RUIVO

terça-feira, 13 de outubro de 2009

TEORIAS:


TEORIAS:


Na verdade não há nada mais prático em defendermos uma boa teoria.Temos depois de constatar um lado, há coisas que funcionam à margem de qualquer teorização compreensível e, por outro, há teorias inúteis que, ainda assim, sobrevivem mercê do nosso eslávico gosto de perpetuarmos o disparate apenas porque é conhecido e como tal, confortável.
A parte que tem ver com o que funciona e não sabemos explicar, estranhamente, não causa grandes angústias. Mesmo que não tenhamos a mínima ideia porque é que os aviões voam,os barcos flutuam,os carros andam,os micro-ondas aquecem a comida, os computadores nos dão acesso a tanta informação ou herdeiros dos amigos telemóveis nos permitem fazer vídeos, tirar fotografias, receber e-mails, enviar mensagens, fazer contas, servir de agendas,ter joguinhos para nos entretermos nos tempos mortos e fazerem chamadas telefónicas.
Ou seja, a nossa ignorância deixou de nos afligir, porque, de tanta e tão estrondosa, só nos resta o supremo acto de fé aceitar que alguém sabe o que nós sabemos, alguém tem teorias que nos são inacessíveis, alguém vela por nós e percebe o funcionamento ou o sentido do que nos escapa.
As teorias, modelos, ideias e práticas decorrentes que mantém apenas exaustivamente que são insensatos, incoerentes e ineficazes, têm o condão de nos irritar desmesuradamente,de nos inquietar mais que provavelmente merecem e de espoletarem nós uma extensa gama de emoções, geralmente negativas. Havendo a ideia instalada de que se resiste sempre à mudança e que precisam de ser implementadas, diferentes perspectivas à sobre a realidade, que conduzem a políticos macro ou sectoriais discutíveis, o que de facto está mesmo em causa são os processos como tudo muda para que o essencial fique na mesma. Ainda por cima, numa forma hesitante, arrastada e mal explicada.O problema aqui é que se percebe tudo, nomeadamente que não deve haver alguém que saiba o que nós não sabemos, já que os resultados são o que são e a ineficácia salta à vista.

Tatão

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.
•.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤ Beijos •.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤