Agora são Horas e Minutos - ... Obrigada: Estou completamente satisfeita com todos os amigos por me terem acompanhado no blogue. TATÃO ´ aconselhamos a utilização do Mozilla Firefox

PAULA RUIVO

. A APRESENTAÇÃO DO LIVRO A ERVILHA QUE QUERIA IR DE FERIAS FOI UM SUCESSO AUTORA PAULA RUIVO

segunda-feira, 25 de maio de 2009

CRIANÇAS DESAPARECIDAS:


É triste no que vou falar, mas ao mesmo tempo sinto-me como se meus flhos fossem .Uma familia sofre ao saber que os filhos foram raptados. Este tema refere-se a todas as crianças desaparecidas, à dôr que os pais têm, sentem, sofrem, por nunca mais poderem sorrir para esses seres maravilhosos que são todas as crianças.

Quantas vezes falam com elas como se as pudessem ouvir...onde estais meus filhos? Desde que vos tiraram de nós sinto o sangue do meu ventre gotejar, nas lágrimas que já não consigo chorar.Todas as noites, abro as vossas camas, com a esperança, de vos encontrar, quando amanhecer. Já se passaram anos e todos os dias espreito em cada cantinho o vosso rosto, o vosso sorrir, quando corriam envolvíam-nos de alegria e abraços de amor. Onde estais meus filhos? Já vos confundo com as sombras, esculturais nas paredes desertas onde me agarro no desalento de não vos encontrar. Agarro-me à vossa fotografia e as lágrimas não param de correr.

Sentimo-nos morrer aos poucos, levaram-nos tudo que tinhamos,na vida!!!! Malditos malditos!!! Não descansaremos enquanto não vos encontrar, não deixaremos jamais de gritar pelo vosso nome.Meus filhos queridos - onde estais a sofrer e nós a mesma coisa - será que estais vivos?

A polícia frequentemente se baseia em fotografias fornecidas pelos pais, mas as fotos que eles normalmente fornecem frequentemente são tiradas nas escolas. Podem não ser tão úteis quanto gostariam.
O objectivo desta nova pesquisa foi identificada que tipo de foto tem o maior potencial para ajudar no reconhecimento de uma criança desaparecida.
Para combater esse problema,os pesquisadores sugeram que os pais forneçam vários tipo de fotografias no caso da criança ser raptada ou se perder. Através das expressões faciais mostrarem ao público, jornais e outros orgãos de comunicação e a possíveis testemunhas, as chances de reconhecimenro das crianças podem ajudar a reconhecê-las. No entanto segundo o que se tem passado tudo continua na mesma infelizmente.

Tem-se lutado muito mas não há resultados positivos. Está sempre escondida pelos próprios mandatários,e com isto não quero adiantar mais. Seria desagrável. Está bem visto aos olhos de todo o mundo.

Hoje dia 25/05/09 foi transmitido pelos orgãos de comunicação europeu o número do telefone - 116000 - crianças desaparecidas - para que possam comunicar o desaparecimento de casos de raptos.Contactem este número para saberem dos vossos filhos.

Tatão

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe seu comentário.
Assim que o ler, publicarei e o responderei.
Volte para saber a resposta.
•.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤ Beijos •.¸¸.•´¯`•.¸¸.¤